Obama Graphic Art.

10 nov

Acredito que o  foco diferenciado escolhido pelo Obama em relação aos demais conquistou a admiração do público e, eventualmente, o fez vencer a eleição. Acho que esta postura acabou por atrair artistas (designers) dispostos a participar do que, para eles, seria uma bela vitrine para mostrar seu trabalho mundo afora.

Três artistas tiveram suas peças gráficas expostas em campanhas pelo Estado, Shepard FaireyScott Hansen e Antar Dayal. Nenhum deles recebeu qualquer verba para desenvolver o trabalho. Tudo foi voluntário.

A primeira sequência de cartazes criada por Shepard Fairey, com a palavra PROGRESS em destaque teve seu estoque esgotado em poucos dias. Outra tiragem, com a palavra HOPE, foi distribuída apenas durante as viagens de campanha do candidato.

11

Primeira e segunda versão, por Shepard Fairey

A terceira versão veio com a palavra CHANGE.

2

Terceira versão, por Shepard Fairey

Um segundo designer entrou na jogada então, convidado pela equipe de Obama,  Scott Hansen,  famoso pelo tratamento particular dado à suas peças gráficas tanto em mídias impressas quanto virtuais, aceitou o desafio.

Segundo Scott, o cartaz em seu formato final, tinha quase 3GB, aproximadamente 1000 layers, imagens trabalhadas em Illustrator com o dobro do tamanho que o cartaz exigia. Tudo criado com resolução 300dpi.

3

Versão do Scott Hansen.

 O quarto cartaz foi desenvolvido pelo designer Antar Dayal. Sua inspiração surgiu, segundo o designer “das palavras do candidato, liberdade, habilidades e expressão da esperança e sonhos para uma América melhor”. Isso se reflete no slogan, com uma mensagem tão positivista quanto às demais: “Yes We Can”.

O cartaz pode ser comprado na Loja de Obama por U$70.

41

Cartaz de Antar Dayal.

O último a entrar na onda é Lance Wyman. Seu cartaz já vem coroar a campanha vitoriosa.

5

Lance Wyman causando vertigem.

A Cavalera lançou uma camiseta pedindo votos para o candidato. A razão do lançamento é que os brasileiros que lá residem consigam manifestar sua decisão política depois de oito anos do cansativo e prejudicial à saúde da humanidade governo Bush. Bem que podiam ter dado uma caprichada, seguindo um pouco o modelo oficial.

barack-obama

A tosqueira da Cavalera

As camisetas estão à venda nas três lojas da Cavalera em São Paulo (à Alameda Lorena, 1682; no Shopping Higienópilis, à Av. Higienópolis, 618 – piso Pacaembu; e no Shopping Ibirapuera, à Av. Ibirapuera, 3103 – piso Moema) e custam R$ 19 cada.

BOM!

Para quem, como eu curte isso tudo, tem um TUTORIAL que mostra passo-a-passo como desenvolver uma peça igualzinha. (A dos artistas da gringa, não a da Cavalera).

Nem precisa agradeçer.

Se quiser ver mais trabalhos gráficos envolvendo Obama clica Aqui ou Aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: