Arquivo | Cotidiano RSS feed for this section

WWF Brasil e a Hora do Planeta

25 mar

banner_horadoplaneta_476x16

O WWF-Brasil vai participar pela primeira vez da Hora do Planeta, um ato simbólico, que este ano será realizado dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes por 60 minutos para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.

Para Participar

O WWF-Brasil espera contar com a adesão de empresas, governos, entidades, ONGs e demais movimentos da sociedade civil. Por isso, preparou kits de mobilização com orientações sobre como as pessoas podem contribuir para a Hora do Planeta.

Cada um dos kits traz informações e dicas de como participar voltadas para seguimentos específicos da população:

Cidadão

Cada pessoa tem um papel importante no combate às mudanças climáticas. Por isso, não perca tempo, acesse o kit de ações do cidadão e nos ajude a mobilizar o maior número de pessoas possível na luta contra o aquecimento global.

COMO PARTICIPAR –  CIDADÃO [ PDF, 92 KB ]

Empresas

Existem diversas formas pelas quais o seu negócio pode participar da Hora do Planeta em 2009. Fazendo o download do documento abaixo, você vai encontrar informações sobre os vários níveis de comprometimento que sua empresa pode assumir com a Hora do Planeta.

COMO PARTICIPAR – EMPRESAS [PDF – 1.79 MB]

Poder Público

A participação das esferas públicas na Hora do Planeta tem um impacto significativo no despertar da consciência para os perigos das mudanças climáticas. Neste aspecto, governadores, prefeitos, parlamentares podem, em muito, contribuir com a Hora do Planeta. Saiba como você pode contribuir.

COMO PARTICIPAR – PODER PÚBLICO [ PDF, 76 KB]

Mídia

Queremos que todos saibam da urgência e necessidade de ações concretas para conter os males do aquecimento global. A mídia, neste caso, tem um papel crucial. Aproveite o potencial de mobilização do seu veículo e nos ajude a disseminar esta mensagem pelo Brasil.

COMO PARTICIPAR – MÍDIA [PDF, 56 KB]

Videos

Aí em baixo estão os dois vídeos da campanha deste ano.

Vale dar uma olhadinha.

Pra se inscrever, clique na imagem no início do post.

Filme da Semana – Quantum of Solace (2008)

7 jan

solace-21

Quantum of Solace

Inglaterra/EUA – 2008

 

Direção: Marc Forster
Roteiro: Paul Haggis, Neal Purvis 
Elenco:
 Daniel Craig, Olga Kurylenko, Mathieu Amalric, Judi Dench, Giancarlo Giannini, Gemma Arterton, Jeffrey Wright.

Sinopse: Dando continuidade aos eventos de ”Cassino Royale”, essa 22º aventura do agente James Bond tem como inspiração o conto ”Risico”, por sua vez presente no livro ”Somente para os seus Olhos”, de Ian Fleming. Filme que marca a segunda participação de Daniel Craig como 007.

Não há mais Guerra Fria. James Bond, interpretado por Daniel Craig sangra, tem o rosto marcado por cortes e hematomas, apanha e não pode confiar em ninguém, uma vez que o grande inimigo da vez é uma organização internacional misteriosa e sem rosto, que se infiltra em todos os lugares e é capaz de derrubar governos com facilidade.

Nunca se viu um Bond correr tanto, envolver-se em pancadarias, saltar de prédios, andaimes e carros em movimento, tornar-se praticamente um personagem de videogame em meio a seqüências frenéticas de ação. Se nos filmes da década de 60 a maior prova de exigência física do agente inglês era perambular de cama em cama, o 007 personificado por Craig bate e apanha muito mais do que transa, embora, verdade seja dita, o nível estético das Bond Girls permaneça impecável. O  James Bond do século XXI está mais realista, mais sofrido, um homem emocionalmente instável que, embora jamais perca de vista o objetivo de suas missões, possui motivações pessoais para cada ação que faz.

Após a reconstrução do personagem James Bond em Cassino Royale, fartamente elogiada por crítica e público que se renderam à atuação de Daniel Craig, o melhor ator da franquia desde o hors concours Sean Connery, como prosseguir no mesmo alto nível? A resposta procurou ser dada neste filme, cuja trama é uma espécie de continuidade do primeiro com Daniel, que havia terminado com a morte da única mulher pela qual James Bond se apaixonou de verdade: Vesper Lynd, maravilhosamente interpretada por Eva Green em Cassino Royale. Uma mulher que, no entanto, traiu Bond e fez com que ele se tornasse ainda mais amargo, cínico e cético do que um assassino profissional já precisa ser. E as seqüências iniciais de Quantum of Solace, que mostram 007 chutando bundas em uma perseguição frenética de carros na Itália, já mostra o estado de nervos de Bond: um homem que não mede conseqüências nem hesita ao matar suas testemunhas ao invés de interrogá-las, na sanha por saber a verdade sobre os responsáveis pela morte de Vesper e, também, a fim de descobrir qual é a misteriosa organização capaz de fomentar golpes de estado em países como a Bolívia, e que se infiltra inclusive no serviço secreto britânico.

Quantum of Solace não consegue superar seu antecessor Cassino Royale, muito por conta das suas personagens femininas, que sequer chegam aos pés de Vesper Lynd. Camille (Olga Kurylenko) surge na trama apresentando as mesmas motivações de Bond para suas ações: traumas do passado que pedem por vingança em seu sangue. Porém, é uma personagem frouxamente construída pelos roteiristas do filme, que encanta na tela com sua faiscante presença física, mas perde de goleada na inevitável comparação feita com a Vesper que Eva Green interpretou na película anterior. Faz melhor papel a atriz Gemma Arterton, que honra a tradição de nomes esdrúxulos da franquia com sua personagem Strawberry Fields, uma funcionária administrativa do serviço britânico que sucumbe aos músculos torneados de Bond e vai para a cama com o agente. Strawberry também é protagonista de uma cena impactante que remete diretamente à mais famosa das cenas do clássico 007 Contra Goldfinger.

Menos mal que o filme possui atuações marcantes de coadjuvantes de luxo como Judi Dench (pela sétima vez consecutiva no papel de M, a chefe imediata de Bond), Giancarlo Giannini (no papel de Mathis, o agente experiente que protagoniza outra cena marcante do filme, que ilustra a frieza objetiva que tomou conta do Bond de Daniel Craig após a perda do amor de sua vida) e Mathieu Amalric, o excepcional ator francês de filmes como Reis e Rainha e  O Escafandro e a Borboleta, e que faz o que pode no papel do vilão da vez, um empresário falsamente filantrópico. É uma pena que o roteiro de seja superficial, mas há aqui um nítido problema de comparação com o filme anterior, que humanizou James Bond de uma maneira inédita em todos as produções da série e o tornou um personagem muito mais complexo e verossímil.

Quantum of Solace é uma diversão de primeira qualidade que me deixou esperando pelo próximo longa-metragem da série.

Trailer:

Chuvas Castigam Santa Catarina.

25 nov
Alagamento em Blumenau  

Alagamento em Blumenau

O número de mortos por conta da chuva que castigou o Estado de Santa Catarina nos últimos dias chegou a 65.

Na tarde desta segunda-feira, 10 pessoas perderam a vida em deslizamentos em Gaspar, no Vale do Itajaí. Mais uma pessoa morreu soterrada em Ilhota, também no Vale, elevando o total do município para 15, o maior de todas as cidades atingidas pelos alagamentos. No início da tarde, cinco corpos foram encontrados soterrados. Outras 14 pessoas estão desaparecidas no município. 

Blumenau, é a cidade mais destruída pelos deslizamentos e alagamentos provocada pela chuva, mas aparece em segundo lugar em número de mortes, com 13 falecimentos.

Oito municípios estão isolados: São Bonifácio, Luiz Alves, São João Batista, Rio dos Cedros, Garuva, Pomerode, Itapoá e Benedito Novo. Gaspar seguiu o exemplo de Blumenau e decretou estado de calamidade pública. A Defesa Civil ainda vai oficializar os decretos de Rio dos Cedros, Brusque, Itajaí e Tijucas.

Os alagamentos já deixaram 29.543 desalojados (pessoas que saíram de casa e abrigaram-se nas residências de parentes e amigos) e 14.608 desabrigados (moradores que abandonaram as casas e estão em abrigos), num total de 44.151 pessoas.

Cerca de 80% do município de Itajaí, continua debaixo d’água nesta segunda-feira. A água que desce do Vale do Itajaí pelo rio Itajaí-Açu chegou com mais força à foz, inundando áreas próximas. 

Apenas veículos pesados conseguiam transitar pela cidade durante o dia. Nos hospitais, faltou água potável. Nos bairros a água chegou a cobrir residências e isolar famílias. 
Os três acessos à cidade pela BR-101 estão cobertos d’água. A única passagem liberada é pela rodovia Osvaldo Reis, no perímetro urbano, que liga o município a Balneário Camboriú. 

A previsão para os próximos dias é de continuar chovendo, porém com menos intensidade.

Para se ter uma idéia da situação, em Blumenau, nem as rádios estão funcionando.

Desabamento na SC401

Desabamento na SC401

Aqui em Florianópolis, no bairro onde moro, não houve problemas. Mas moradores do sul e do norte da ilha tiveram suas residências alagadas, e alguns desmoronamentos de barreiras interditaram estradas, o caso mais grave na SC401, que liga o centro ao norte da ilha, onde a pista está interrompida e os bombeiros acreditam que levará 20 dias, em média para que seja liberada.

Pelo menos por aqui, nenhum morto.