Tag Archives: Internet

Já sonhou com este homem?

20 out

thisman

Ele é o buzz do mês na internet….

Ele não tem nome. Não tem nacionalidade.

Na verdade ninguém sabe ao menos se ele existe.

Em janeiro de 2006, uma  paciente de um renomado psiquiatra em Nova Iorque desenha o rosto de um homem que vinha aparecendo repetidamente em seus sonhos. Em mais de uma ocasião chegou até a lhe dar conselhos sobre sua vida privada. A mulher jura que nunca conheceu o homem em sua vida.

O desenho ficou esquecido em cima da mesa do tal psiquiatra até que outro paciente também o reconhece como sendo o sujeito com quem vinha sonhando e, mais uma vez, afirmou nunca tê-lo visto, a não ser nos sonhos.

Ele fez cópias do retrato e os enviou à outros colegas. Em poucos meses, recebeu 4 respostas positivas de pessoas que haviam sonhado com quem eles se referiam somente como este homem.

De lá para cá, cerca de 2 mil pessoas, em lugares tão distantes como Los Angeles, Berlim, São Paulo, Irã, Pequim, Roma, Barcelona, Estocolmo, Paris, Nova Dehli, Moscou, alegaram já ter visto este homem em seus sonhos e todos afirmam nunca tê-lo visto antes.

Quer saber o mais incrível?

Pelo que se sabe, este homem não existe fora dos sonhos. Pelo menos até agora ninguém, em todo o mundo, foi reconhecido por ser ele.

As teorias são as mais diversas. Algumas com um tom mais científico, outras pendendo mais para o mundo da fantasia.

Seriam elas:

  1. A Teoria do Arquétipo: Segundo a teoria psicanalítica de Jung, este homem é uma imagem arquétipica que pertence ao  nosso inconsciente coletivo e vem à tona em tempos de dificuldades (Circunstâncias emocionais, mudanças dramáticas em nossas vidas, as situações de stress, etc) em indivíduos particularmente sensíveis.
  2. Teoria religiosa: De acordo com  esta teoria, este homem é a imagem do Criador, isto é, uma das formas na qual D-us se manifesta hoje em dia. Esta é a razão pela qual seus conselhos e as palavras que pronuncia durante os sonhos devem ser sistematicamente seguidas por quem sonha com ele.
  3. Teoria do super sonhador: É a teoria mais interessante e aquela que tem as maiores implicações, mas também tem a menor credibilidade científica. Segundo esta teoria, este homem é uma pessoa real, que pode entrar sonhos das pessoas por meio de habilidades psicológicas específicas (Freddy Krueger?). Alguns acreditam que na vida real, esse homem se pareça com o dos sonhos. Outros pensam que o homem dos sonhos parece completamente diferente do seu homólogo da vida real. Algumas pessoas parecem acreditar que por trás deste homem há um plano de condicionamento mental desenvolvido por uma grande corporação (Dharma ou Massive Dynamics te diz alguma coisa?).
  4. Teoria da imitação dos sonhos: Esta é uma psico-científica teoria sociológica que afirma que este fenômeno surgiu casualmente e desenvolveu progressivamente por imitação. Basicamente, quando as pessoas estão expostas a este fenômeno se tornam tão profundamente impressionadas que passam a também  ver este homem em seus sonhos.
  5. Teoria do reconhecimento diurno: Esta teoria afirma que as aparições do homem são puramente casuais. Normalmente, nós não conseguimos nos lembrar dos rostos que vemos em nossos sonhos. A imagem deste homem seria, assim, um instrumento que, no dia-a-dia das pessoas, facilitaria o reconhecimento de uma imagem onírica  indefinida.

Seja lá qual for a teoria o fato é que não deixa de ser algo impressionante.

Untitled-1Alguns desenhos de pessoas que sonharam com o tiozinho....

E aí, o que você acha?

Ele é um alienígena?

O anjo da morte?

Ou um personagem inventado por uma agencia de publicidade italiana chamada Guerriglia Marketing cujo dono é um sujeito chamado Andrea Natella. E, adivinhem, ele não é um renomado psiquiatra de Nova Iorque. É um sociólogo carcamano italiano especializado em marketing que publicou um artigo chamadoAs origens do uso subversivo do embuste na Itália“.

Será? Sentiu cheiro de que vem alguma coisa poraí?

Talvez seja um tipo de experimento sociológico da parte do nosso amigo com nome de mina. Não vou dizer que ninguém sonhou com macacóide rapaz do site, mesmo porque segundo a Lei dos Grandes Números é muito provável que alguém já tenha sonhado até com esta frase que estou escrevendo agora. Diria até que muita gente sonhou sim com o carinha.

Especialmente depois de ver sua foto na Internet ou espalhada pelos postes de algumas cidades do mundo. Não é mesmo?

O que eu acho?

Acho que o cara parece muito com o Dream Man do seriado Twin Peaks….. Coincidência? Olha só a fotinho e me diz se não parece…..

mfap

Olha aí embaixo alguns videos de pessoas falando sobre os sonhos. Estão todos lá no site Ever Dream This Man?

Anúncios

Internet Intergalática!

24 mar

space-shuttle-internet-in-spaceA NASA testou com sucesso a primeira rede espacial de comunicações digitais baseada na Internet. Os engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato utilizaram uma tecnologia chamada DTN (“Disruption-Tolerant Networking”) para transmitir pacotes de imagens entre a Terra e uma sonda espacial localizada a 20 milhões de quilômetros no espaço.

Internet espacial

“Este é o primeiro passo na criação de uma capacidade totalmente nova de comunicações espaciais, uma Internet interplanetária, afirmou Adrian Hooke, gerente do projeto, em comunicado da NASA.

O desenvolvimento do protocolo da Internet espacial foi feito em parceria com o Google, em uma pesquisa que demorou 10 anos para ser concluída. O protocolo de transmissão de dados DTN envia as informações de forma diferente do TCP/IP da Internet terráquea. Vint Cerf, do Google, participou do desenvolvimento dos dois.

Internet Interplanetária

A Internet Interplanetária, como a NASA está chamando a nova rede de comunicações espaciais, deverá ser robusta o suficiente para lidar com longos delays nas transmissões, interrupções bruscas e desconexões.

Além da distância entre as sondas espaciais, e entre elas e a Terra, a comunicação é perdida quando uma sonda entra atrás de um planeta ou quando tempestades solares atrapalham a transmissão de dados no espaço. O delay de uma comunicação com Marte, por exemplo, com os sinais digitais viajando à velocidade da luz, é de 20 minutos.

TCP/IP da era espacial

Ao contrário do TCP/IP, o DTN não pressupõe uma conexão contínua entre dois computadores. Se o destino não for encontrado, ou se a rota para não puder ser identificada, o pacote não é descartado.

Cada nó, ou computador, da Internet Interplanetária mantém a informação pelo tempo que for necessário, até que ele possa se comunicar de forma segura com o próximo nó. Isto garante que não haverá perdas nos dados mesmo com as mais adversas situações encontradas no espaço.

Em sua inauguração, a Internet Interplanetária tem 10 nós. Um deles é a sonda espacial Epoxi, enviada para encontrar o cometa Halley 2 em 2010. Epoxi é o novo nome da sonda espacial Impacto Profundo, que lançou um projétil sobre o cometa Tempel 1 em 2005.

Os outros nós são sondas espaciais em órbita de Marte e da Terra e computadores no próprio laboratório da NASA que simulam os robôs Spirit e Opportunity que estão explorando Marte.

Este primeiro teste deverá ser seguido por vários outros para qualificar a tecnologia para que a Internet Interplanetária possa ser usada de fato nas futuras missões espaciais.

Hoje, a comunicação da NASA com as suas sondas é feita de forma programada e manual, com o estabelecimento de links quando há coincidência de órbitas entre a sonda, as estações retransmissoras e a Terra.

fonte: Inovação Tecnológica

Tweets 2.0

24 mar

tweets-5

Tweets 2.0

20 mar

tweets-41

Para Entender a Internet

20 mar

Juliano Spyer tá lançando um livro 100% Web 2.0. Ele se chama Para entender a internet – Noções, práticas e desafios da comunicação em rede. Ele é integralmente disponibilizado em PDF e também por um site, onde leitores podem debater e conversar entre si e com os autores sobre os assuntos do livro ou assuntos de interesse comum.

São 38 autores compilados em um e-book aberto. O livro começa no pdf e continua no blog.

Vale muito a pena baixar e participar.

Alguns dos autores:
– Edney Souza, o Interney, um dos blogueiros mais conhecidos do Brasil hoje, é quem escreve sobre blog.

– Soninha Francine, vereadora, atual sub-prefeita em São Paulo, escreve sobre internet e lei eleitoral.

– Fábio Seixas, um dos brasileiros mais seguidos no Twitter, fez o texto sobre micro-blogging.

– Sérgio Amadeu, ativista combativo do software livre, escreve sobre pirataria online.

– Ronaldo Lemos, um dos ativistas brasileiros mais conhecidos e respeitados internacionalmente, explica o que é o Creative Commons.

E esses são só alguns.

Vale a pena conferir o projeto. Acredito que tem muita coisa interessante a ser discutida por ali.

Para visitar o site clica aqui e para baixar clica aqui.